Olá

× Início Publicações Protocolos Sair
Filtro
Programa:
Testemunho/Estação:
ver mais...
Parâmetros:
ver mais...
Ano do dado:
Período em anos BP:
0 resultado(s) encontrado(s) buscando por "".
Sedimento

1. Assembleia de Foraminíferos Planctônicos do Testemunho GL-1090

Descrição:
Estudo de foraminíferos planctônicos na região da costa do sudeste.
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Foraminíferos
Sedimento

2. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Planctônicos (Globigerinoides ruber, Neogloboquadrina dutertrei) no Testemunho GL-1248

Descrição:
Isótopos estáveis de oxigênio e carbono são ferramentas bem estabelecidas para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera.
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos EstáveisMetais - XRF Scaner
Sedimento

3. Fracionamento de Elementos-traço na Plataforma Continental de Cabo Frio em Sedimentos Recentes

Descrição:
Estudo de elementos-traço nas fases geoquímicas reativas, da matéria orgânica e pirítica do Sistema de Ressurgência Tropical de Cabo Frio, sudeste do Brasil. Pudendo calcular o grau de piritização destes elementos.
Programa:
Ressurgência
Parâmetros:
Metais
Sedimento

4. Razão Mg/Ca do Testemunho GL-1248

Descrição:
Estudo de paleoceanografia utilizando o testemunho GL-1248 coletado na região da costa do nordeste (Bacia de Barreirinhas) com foco na reconstrução da temperatura da superfície da água do mar utilizando elementos-traço em foraminíferos planctônicos.
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Metais
Sedimento

5. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Bentônicos (Cibicides wuellerstorfi, Uvigerina peregrina) no Testemunho GL-1248

Descrição:
Dados de isótopos estáveis de oxigênio e carbono em foraminíferos bentônicos do testemunho GL-1248 coletado na região da costa do nordeste (Bacia de Barreirinhas).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos Estáveis
Sedimento

6. Geoquímica Inorgânica, Orgânica e Isotópica do Enxofre em Sedimentos Recentes do Sistema Ressurgência de Cabo Frio.

Descrição:
Geoquímica Inorgânica, Orgânica e Isotópica do Enxofre em testemunhos curtos (box-core) em Cabo Frio
Programa:
Ressurgência
Parâmetros:
BulkIsótopos EstáveisGeoquímica Orgânica
Sedimento

7. Temperatura da Superfície do Mar través de Alquenonas no Testemunho GL-1090

Descrição:
A distribuição das insaturações das moléculas de alquenonas produzidas por organismos fitoplanctônicos é sensível a temperatura do mar na profundidade em que a molécula foi sintetizada. Este estudo apresenta reconstruções baseadas nessa molécula orgânica para estimar a temperatura registrada no testemunho GL-1090 (Bacia de Santos) no intervalo de tempo que inclui o Último Período Interglacial (~130 mil anos atras), bem como a transição para a última glaciação.
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Geoquímica Orgânica
Sedimento

8. Reconstrução das Concentrações do Mercúrio usando Isópos Estáveis de Carbono e Nitrogênio no Testemunho GL-1248

Descrição:
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
MetaisIsótopos EstáveisBulk
Sedimento

9. Geoquímica Orgânica usando n-alcanos no Testemunho GL-1248

Descrição:
Dados de geoquímica orgânica (n-alcanos) medidos no testemunho GL-1248 coletado na região da costa do nordeste (Bacia de Barreirinhas).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Geoquímica Orgânica
Sedimento

10. Biometria e Abundância de Foraminíferos Bentônicos no Testemunho GL-1090

Descrição:
Abundância relativa de foraminíferos bentônicos e o volume de suas carapaças estão associadas as mudanças de circulação na interface água-sedimento e o aporte de nutrientes e fitodetritos para a comunidade bentônicas. Estes dados apresentam medidas de volume e abundância relativa de três espécies de foraminíferos bentônicos ao longo da última transição glacial-interglacial para o testemunho GL-1090 (Bacia de Santos).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Foraminíferos
Sedimento

11. Geoquímica Orgânica usando Lignina no Testemunho GL-1248

Descrição:
Estudo de geoquímica orgânica (lignina) no testemunho GL-1248 coletado na região da costa do nordeste (Bacia de Barreirinhas).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Geoquímica Orgânica
Sedimento

12. Fracionamento de Elementos-traço na Plataforma Continental de Cabo Frio em Sedimentos Holocénicos

Descrição:
Estudo de elementos-traço nas fases geoquímicas reativas, da matéria orgânica e pirítica do Sistema de Ressurgência Tropical de Cabo Frio, sudeste do Brasil. Pudendo calcular o grau de piritização destes elementos.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Metais
Sedimento

13. Bulk Sedimentar do Testemunho GL-1090

Descrição:
Dados bulk sedimentares do testemunho GL-1090 (Bacia de Santos) que incluem as análises de: Isótopo de nitrogênio, isótopo de carbono, Carbono Orgânico Total, Nitrogênio Orgânico Total, Razão C:N, Densidade
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos EstáveisBulkFísico-Química
Sedimento

14. Percentual de Carbonato de Cálcio no Testemunho GL-1090

Descrição:
Percentual de carbonato de cálcio presente no testemunho GL-1090 (Bacia de Santos) ao longo dos últimos 185 mil anos.
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Bulk
Sedimento

15. Geoquímica Inorgânica, Orgânica e Isotópica do Enxofre em Sedimentos Holocénicos do Sistema Ressurgência de Cabo Frio.

Descrição:
Geoquímica Inorgânica, Orgânica e Isotópica do Enxofre em testemunhos longos (Kullenberg) em Cabo Frio
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
BulkIsótopos Estáveis
Sedimento

16. Geoquímica Orgânica usando GDGT no Testemunho GL-1248

Descrição:
Estudo de geoquímica orgânica (GDGT) no testemunho GL-1248 coletado na região da costa do nordeste (Bacia de Barreirinhas).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Geoquímica OrgânicaFísico-Química
Sedimento

17. Geoquímica Orgânica usando GDGT no testemunho GL-1090

Descrição:
Dados referentes as moléculas de GDGT no testemunho GL-1090 (Bacia de Santos) produzidas por arquéias aquáticas e que estão relacionadas a temperatura da água na qual foram sintetizadas
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Geoquímica OrgânicaFísico-Química
Sedimento

18. Assembleia de Foraminíferos Planctônicos no Testemunho GL-1248

Descrição:
Dados de assembleia de foraminíferos planctônicos do testemunho GL-1248 coletado na região da costa do nordeste (Bacia de Barreirinhas).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Foraminíferos
Sedimento

19. Granulometria no testemunho GL-1090

Descrição:
Análises granulométricas para determinação dos teores de silte, argila e areia para o testemunho GL-1090 (Bacia de Santos) para os últimos 185 mil anos
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Granulometria
Sedimento

20. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Planctônicos (G. ruber white, G. truncatulinoides) no Testemunho GL-1180

Descrição:
Dados de isótopos estáveis de oxigênio e carbono em foraminíferos planctônicos do testemunho GL-1180 coletado na costa do nordeste (Bacia Pernambuco - Paraíba).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos Estáveis
Sedimento

21. Elementos-traço em Foraminíferos Planctônicos no Testemunho GL-1180

Descrição:
Dados de elementos-traço (Mg/Ca) em foraminíferos planctônicos no testemunho GL-1180 coletado na costa do nordeste (Bacia de Pernambuco-Paraíba).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Metais
Sedimento

22. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Bentônicos (Cibicides sp.) no Testemunho GL-1180

Descrição:
Dados de isótopos estáveis de carbono e oxigênio em foraminíferos bentônicos no testemunho GL-1180 coletado na região da costa do nordeste (Bacia de Pernambuco-Paraíba).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos Estáveis
Sedimento

23. Granulometria, Silte Suportado (SS) e Teor de Carbonato (CaCO3) no Testemunho GL-1180

Descrição:
Dados de granulometria, Silte suportado (SS) e teor de carbonato (CaCO3) no testemunho GL-1180 coletado na região da costa do nordeste (Bacia de Pernambuco-Paraíba). Os dados foram gerados apenas para uma parte do testemunho GL-1180.
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
GranulometriaBulk
Sedimento

24. Geoquímica Orgânica usando n-alcanos no Testemunho GL-1109

Descrição:
Dados de geoquímica orgânica (n-alcanos) no testemunho GL-1109 coletado na região da costa do sudeste (Bacia de Santos).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Geoquímica Orgânica
Sedimento

25. Geoquímica Orgânica usando Alkenonas no Testemunho GL-1109

Descrição:
Dados de geoquímica orgânica (alquenonas) no testemunho GL-1109 coletado na região da costa sudeste (Bacia de Santos).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Geoquímica OrgânicaFísico-Química
Sedimento

26. Caracterização Geoacústica da Plataforma Continental de Cabo Frio em Sedimentos Holocênicos

Descrição:
Caracterização geoacústica da Plataforma Continental de Cabo Frio (Bacia de Santos - Bacia de Campos).
Programa:
Ressurgência
Parâmetros:
GeofísicaFísico-QuímicaBulk
Sedimento

27. Concentração de Mercúrio (Hg) no Testemunho GL-1090

Descrição:
O mercúrio é um poluente global que tem sua ciclagem ligada a fatores atmosférico, oceânicos e litológicos. Nos oceanos, seu comportamento é similar a um nutriente, podendo estar fortemente ligado ao ciclo biogeoquímico do carbono e a matéria orgânica. Neste estudo, foi investigado a variabilidade da concentração de mercúrio no testemunho GL-1090 (Bacia de Santos) para os últimos 185 mil anos. Os resultados mostram que as variações na geometria das massas d'água profundas, bem como a disponibilidade de matéria orgânica foram os principais moduladores da disposição deste elemento nos sedimentos investigados.
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
MetaisBulk
Sedimento

28. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Bentônicos (Cibicides wuellerstorfi) no Testemunho GL-1090

Descrição:
Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Bentônicos (Cibicides wuellerstorfi)
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos Estáveis
Sedimento

29. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Planctônicos (Globigerinoides ruber, Globorotaria inflata) no Testemunho GL-1090

Descrição:
Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Planctônicos (Globigerinoides ruber)
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos Estáveis
Sedimento

30. Razão Mg/Ca de Foraminífero Planctônico (Globigerinoides ruber white) do Testemunho GL-1090

Descrição:
Razão Mg/Ca de Foraminífero Planctônico (Globigerinoides ruber white)
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Metais
Sedimento

31. Geoquímica Orgânica usando n-alcanos no Testemunho GL-1090

Descrição:
A composição de alcanos de cadeia longa é empregada para distinguir possíveis fontes de aporte e sedimentos. Estes dados apresentam o conteúdo de n-alcanos determinados no testemunho GL-1090 (Bacia de Santos) com enfâse no período entre 140 e 70 mil anos.
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Geoquímica Orgânica
Sedimento

32. Silte Suportado no testemunho GL-1090

Descrição:
A composição do "sortable silt" é um útil indicador granulométrico sobre a velocidade das correntes na interface sedimento-oceano. A variabilidade das correntes de fundo estão ligadas a dinâmica de suas áreas fontes e a fatores climáticos. Estes dados apresentam a determinação do sortable silt para o testemunho GL-1090 (Bacia de Santos) para os últimos 185 mil anos.
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Bulk
Sedimento

33. Composição Elementar por Fluorescência de Raio-X (XRF) no Testemunho GL-1090

Descrição:
A composição elementar dos sedimentos marinhos é governada pelo regime de sedimentação da coluna d'água e também por aporte de material continental através da descarga fluvial ou transporte eólico. A variação entre os diferentes elementos e suas razões pode estar conectada a fatores climáticos. Estes dados apresentam a determinação de vários elementos no testemunho GL-1090 (Bacia de Santos) em alta resolução a partir da técnica da Fluorescência de Raios-X (XRF).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Metais - XRF Scaner
Sedimento

34. Assembleia de Foraminíferos Planctônicos no Testemunho BCCF06-03

Descrição:
Assembleia de Foraminiferos Planctonicos >150 μm e >300 μm
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Foraminíferos
Sedimento

35. Bulk Sedimentar no Testemunho BCF06-03

Descrição:
Uso de densidade, o fluxo do carbono orgânico total e a razão C/N
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
BulkFísico-Química
Sedimento

36. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Bentônicos (Bulimina marginata) no Testemunho CF10-15

Descrição:
Isótopos estáveis de oxigênio e carbono são ferramentas bem estabelecidas para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera. Este registro apresentar as variações medidas dos isótopos em uma espécie de foraminífero bentônico da plataforma continental de Cabo Frio.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos Estáveis
Sedimento

37. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Plactônicos (G. bulloides, G. ruber) no Testemunho CF10-09A

Descrição:
Isótopos estáveis de oxigênio e carbono são ferramentas bem estabelecidas para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera. Este registro apresentar as variações medidas dos isótopos em espécies de foraminíferos planctônicos da plataforma continental de Cabo Frio.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos EstáveisForaminíferos
Sedimento

38. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Bentônicos (Uvigerina peregrina) do Testemunho CF10-09

Descrição:
Isótopos estáveis de oxigênio e carbono são ferramentas bem estabelecidas para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera. Este registro apresentar as variações medidas dos isótopos em foraminíferos bentônicos da Plataforma Continental de Cabo Frio para os últimos 7 mil anos.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos EstáveisForaminíferos
Sedimento

39. Composição Elementar por Fluorescência de Raio-X (XRF) no Testemunho GL-1248

Descrição:
A composição elementar dos sedimentos marinhos é governada pelo regime de sedimentação da coluna d'água e também por aporte de material continental através da descarga fluvial ou transporte eólico. A variação entre os diferentes elementos e suas razões pode estar conectada a fatores climáticos. Estes dados apresentam a determinação de vários elementos no testemunho GL-1248 (Bacia de Barreirinhas) em alta resolução a partir da técnica da Fluorescência de Raios-X (XRF).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Metais - XRF Scaner
Sedimento

40. Razão Mg/Ca de Foraminífero Planctônico (G. bulloides, G. ruber) do Testemunho CF10-01B

Descrição:
A razão Mg/Ca analisada em carapaças de foraminíferos planctônicos (G. bulloides, G. ruber), é uma forma de acessar as variações da temperatura do mar na profundidade em que uma determinada espécies calcificou. Estes dados apresentam a razão Mg/Ca medida em duas espécies de foraminíferos planctônicos no testemunho CF10-01B na plataforma continental de Cabo Frio a partir da técnica de LA_MS_ICP.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Metais
Sedimento

41. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Planctônicos (G._Bulloides, G._ruber) do Testemunho CF10-01B

Descrição:
Isótopos estáveis de oxigênio e carbono são ferramentas bem estabelecidas para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera. Este registro apresentar as variações medidas dos isótopos em espécies de foraminíferos planctônicos da plataforma continental externa de Cabo Frio.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos EstáveisForaminíferos
Sedimento

42. Razão Mg/Ca de Foraminífero Planctônico (Globigerinoides ruber pink) do Testemunho CF10-01B

Descrição:
A razão Mg/Ca analisada em carapaças de foraminíferos planctônicos (Globigerinoides ruber pink), é uma forma de acessar as variações da temperatura do mar na profundidade em que uma determinada espécies calcificou. Estes dados apresentam a razão Mg/Ca medida em duas espécies de foraminíferos planctônicos no testemunho CF10-01B na plataforma continental de Cabo Frio.
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
MetaisForaminíferos
Sedimento

43. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Bentônicos (Cibicides kullenbergi, Uvigerina peregrina) do Testemunho CF10-01

Descrição:
Isótopos estáveis de oxigênio e carbono são ferramentas bem estabelecidas para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera. Este registro apresentar as variações medidas dos isótopos em foraminíferos bentônicos da Plataforma Continental de Cabo Frio para os últimos 8 mil anos.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos EstáveisForaminíferos
Sedimento

44. Composição Elementar dos Coatings Agregados a Carapaça de Foraminíferos Planctônicos no Testemunho CF10-01

Descrição:
A variação dos metais agregados a carapaças de comunidades planctônicas (Cibicides kullenbergi, Globigerina_bulloides, Mistura Plancton, Planulina ariminensis, Uvigerina peregrina) de foraminíferos é interpretada como indicadora de condições de oxigenação, circulação na interface água-sedimento e aporte de nutrientes e material orgânico da coluna d'água. Estes dados apresentam as flutuações desses agregados em foraminíferos planctônicos na plataforma continental de Cabo Frio.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
MetaisForaminíferos
Sedimento

45. Composição Elementar dos Coatings Agregados a Carapaça de Foraminíferos Bentônicos (Mistura_Bentônicos) no Testemunho CF10-01

Descrição:
A variação dos metais agregados a carapaças de comunidades bentônicas de foraminíferos é interpretada como indicadora de condições de oxigenação, circulação na interface água-sedimento e aporte de nutrientes e material orgânico da coluna d'água. Estes dados apresentam as flutuações desses agregados em foraminíferos bentônicos na plataforma continental de Cabo Frio durante o Holoceno (últimos 11 mil anos).
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
MetaisForaminíferos
Sedimento

46. Assembleia de Foraminíferos Bentônicos do Testemunho CF10-01

Descrição:
A variação da composição faunística em comunidades bentônicas de foraminíferos é interpretada como indicadora de condições de oxigenação, circulação na interface água-sedimento e aporte de nutrientes e material orgânico da coluna d'água. Estes dados apresentam as flutuações na composição faunística de foraminíferos bentônicos na plataforma continental de Cabo Frio durante o Holoceno (últimos 11 mil anos).
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Foraminíferos
Sedimento

47. Estimativa de Fluxos de Nutrientes na Interface Água-Sedimento em Áreas Costeiras do Rio de Janeiro

Descrição:
Estudo realizado na costa sudeste do Brasil, especificamente no estado de Rio de Janeiro. Foram realizadas na Bahia de Cabo Frio, na Bahia de Sepetiba (Coroa Grande Sound) e em Jurujuba (Jurujuba Sound).
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
GranulometriaFísico-QuímicaIsótopos EstáveisBulk
Sedimento

48. Biogeoquímica da Água Intersticial em Áreas Costeiras do Rio de Janeiro

Descrição:
Estudo realizado na costa sudeste do Brasil, especificamente no estado de Rio de Janeiro. Foram realizadas na Bahia de Cabo Frio, na Bahia de Sepetiba (Coroa Grande Sound) e em Jurujuba (Jurujuba Sound).
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Físico-QuímicaNutrientes
Sedimento

49. Isótopos Estáveis de Oxigênio em Foraminíferos Planctônicos (Globigerinoides ruber white) no Testemunho GS07-150 MC-B 10/3

Descrição:
Estudo de paleoceanografia utilizando isótopos estáveis de oxigênio, que é uma ferramenta bem estabelecida para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos Estáveis
Sedimento

50. Assembleia de Foraminíferos Planctônicos no Testemunho GS07-150 MC-B 10/3

Descrição:
Estudo de paleoceanografia utilizando assembleia de foraminíferos planctônicos na região da costa do nordeste (Bacia Potiguar).
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Foraminíferos
Sedimento

51. Reconstrução da Temperatura da Superfície do Mar (SST) no Testemunho GS07-150 MC-B 10/3

Descrição:
Estudo de paleoceanografia utilizando a reconstrução de SST por sedimentos na região da costa do nordeste (Bacia Potiguar).
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Físico-Química
Sedimento

52. Assembleia de Foraminíferos Bentônicos do Testemunho CF10-09

Descrição:
A variação da composição faunística em comunidades bentônicas de foraminíferos é interpretada como indicadora de condições de oxigenação, circulação na interface água-sedimento e aporte de nutrientes e material orgânico da coluna d'água.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Foraminíferos
Sedimento

53. Isótopos Estáveis de Oxigênio em Foraminíferos Planctônicos (Globigerinoides ruber pink, Globorotalia menardii, Neogloboquadrina dutertrei, Trilobatus sacculifer) do Testemunho BCCF10-01

Descrição:
Uso de isótopos estáveis de oxigênio, que é uma ferramenta bem estabelecida para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos EstáveisForaminíferos
Sedimento

54. Assembleia de Foraminíferos Planctônicos no Testemunho BCCF10-01

Descrição:
A variação da composição faunística em comunidades planctônicas de foraminíferos é interpretada como indicadora de condições de oxigenação, circulação na interface água-sedimento e aporte de nutrientes e material orgânico da coluna d'água.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Foraminíferos
Sedimento

55. Isótopos Estáveis de Oxigênio em Foraminíferos Planctônicos (Globigerinoides ruber pink, Globorotalia menardii, Neogloboquadrina dutertrei, Trilobatus sacculifer) do Testemunho BCCF10-04

Descrição:
Uso de isótopos estáveis de oxigênio, que é uma ferramenta bem estabelecida para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos EstáveisForaminíferos
Sedimento

56. Assembleia de Foraminíferos Planctônicos no Testemunho BCCF10-04

Descrição:
A variação da composição faunística em comunidades planctônicas de foraminíferos é interpretada como indicadora de condições de oxigenação, circulação na interface água-sedimento e aporte de nutrientes e material orgânico da coluna d'água.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Foraminíferos
Sedimento

57. Granulometria e Carbono Orgânico Total em Sedimentos Recentes na Plataforma Continental de Cabo Frio

Descrição:
Granulometria e Carbono Orgânico Total na plataforma interna, média e externa de Cabo Frio.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
GranulometriaBulk
Sedimento

58. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Bentônicos (Cibicides kullenbergi, Uvigerina peregrina) em Sedimentos Recentes na Plataforma Continental de Cabo Frio

Descrição:
Isótopos estáveis de oxigênio e carbono são ferramentas bem estabelecidas para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera. Este registro apresentar as variações medidas dos isótopos em foraminíferos bentônicos da Plataforma Continental de Cabo Frio.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos EstáveisForaminíferos
Sedimento

59. Assembleia de Foraminíferos Bentônicos na Plataforma Continental de Cabo Frio

Descrição:
A variação da composição faunística em comunidades bentônicas de foraminíferos é interpretada como indicadora de condições de oxigenação, circulação na interface água-sedimento e aporte de nutrientes e material orgânico da coluna d'água.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Foraminíferos
Sedimento

60. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Planctônicos (Globigerinoides ruber, Neogloboquadrina dutertrei) no Testemunho GeoB16202

Descrição:
Uso de isótopos estáveis de Carbono e Oxigênio, que é uma ferramenta bem estabelecida para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos EstáveisForaminíferos
Sedimento

61. Razão Mg/Ca de Foraminífero Planctônico (Globorotalia inflata) do Testemunho GL-1090

Descrição:
Razão Mg/Ca de Foraminífero Planctônico (Globorotalia inflata)
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
MetaisForaminíferos
Sedimento

62. Atividade de Chumbo 210 não Suportado e Radio 226 na Plataforma Continental de Cabo Frio

Descrição:
Atividade de 210Pb não Suportado, 226Ra
Programa:
Ressurgência
Parâmetros:
Isótopos Estáveis
Sedimento

63. Concentração de Mercúrio (Hg) em Sedimentos Recentes da Plataforma Continental de Cabo Frio

Descrição:
Concentração do Hg nos Box-Core de Cabo Frio
Programa:
Ressurgência
Parâmetros:
MetaisGranulometriaBulk
Sedimento

64. Geoquímica Orgânica Usando Alkenonas em Sedimentos Recentes da Plataforma Continental Interna e Externa de Cabo Frio

Descrição:
A distribuição das insaturações das moléculas de alquenonas produzidas por organismos fitoplanctônicos é sensível a temperatura do mar na profundidade em que a molécula foi sintetizada. Dados de geoquímica orgânica (alquenonas) no testemunho BCCF10-01 e BCCF10-15.
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Geoquímica OrgânicaFísico-Química
Sedimento

65. Geoquímica Orgânica Usando Lignina em Sedimentos Superficiais da Plataforma Continental Interna de Cabo Frio

Descrição:
Estudo de geoquímica orgânica (lignina) em sedimentos superficiais da plataforma interna de Cabo Frio
Programa:
Ressurgência
Parâmetros:
Geoquímica Orgânica
Sedimento

66. Geoquímica Orgânica Usando Lignina em Sedimentos Recentes da Plataforma Continental de Cabo Frio

Descrição:
Estudo de geoquímica orgânica (lignina) em sedimentos recentes da plataforma continental de Cabo Frio
Programa:
Ressurgência
Parâmetros:
Geoquímica Orgânica
Sedimento

67. Geoquímica Orgânica Usando Lignina em Sedimentos Holocénicos da Plataforma Continental Interna de Cabo Frio

Descrição:
Estudo de geoquímica orgânica (lignina) em sedimentos holocénicos da plataforma continental de Cabo Frio
Programa:
Ressurgência
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Geoquímica Orgânica
Sedimento

68. Geoquímica Orgânica Usando Alkenonas em Sedimentos Superficiais da Plataforma Continental Interna de Cabo Frio

Descrição:
Dados de geoquímica orgânica (alquenonas) em sedimentos superficiales da Plataforma Continental de Cabo Frio
Programa:
Ressurgência
Parâmetros:
Geoquímica OrgânicaFísico-Química
Sedimento

69. Assembleia de Foraminíferos Bentônicos no Rio de Contas

Descrição:
Assembleia de Foraminíferos Bentônicos no Rio de Contas, com amostras coletadas na expedição Meteor M125
Programa:
SAMBA
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Foraminíferos
Sedimento

70. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Bentônicos (Cibicidoides incrassatus, Neogloboquadrina dutertrei, Uvigerina peregrina) no Rio de Contas

Descrição:
Isótopos estáveis de oxigênio e carbono são ferramentas bem estabelecidas para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera. Este registro apresentar as variações medidas dos isótopos em foraminíferos bentônicos do Rio de Contas nos testemunhos M125-77-2 e M125-78-2.
Programa:
SAMBA
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos Estáveis
Sedimento

71. Bulk Sedimentar, Granulometria e Índices Biológicos de Foraminíferos Bentônicos no Rio de Contas

Descrição:
Uso do gradiente de d13C entre espécies de foraminíferos bentônicos através do Dd13C, isótopos estáveis de Carbono e Nitrogênio, Bulk sedimentar, granulometria e índices biológicos de foraminíferos bentônicos do Rio de Contas nos testemunhos M125-77-2 e M125-78-2.
Programa:
Water Hunters
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos EstáveisBulkGranulometriaForaminíferos
Sedimento

72. Radiocarbono em G. Ruber no Rio de Contas

Descrição:
Idade por radiocarbono em forraminíferos planctônicos no Rio de Contas nos testemunhos M125-77-2 e M125-78-2.
Programa:
SAMBA
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Radiocarbono
Sedimento

73. Bulk Sedimentar, Granulometria, Isótopos Estáveis de Carbono e Nitrogênio na Costa Leste do Brasil

Descrição:
Dados de COT, NT, a razão C/N, Carbonato de Cálcio, a Densidade, o Silte suportado, granulometria e Isótopos estáveis de Carbono e Nitrogênio na matéria orgânica na Costa Leste do Brasil (Cabo Frio, Rio Paraíba do Sul, Rio Doce, Rio Jequitinhonha, Rio de Contas e Rio São Francisco) nos testemunhos: M125-5-4, M125-16-2, M125-18-3, M125-25-2, M125-29-9, M125-31-2, M125-35-2, M125-38-2, M125-39-2, M125-44-2, M125-48-2, M125-49-2, M125-50-2, M125-52-2, M125-55-8, M125-59-2, M125-61-3, M125-67-3, M125-72-2, M125-73-2, M125-77-2, M125-78-2, M125-80-3, M125-82-3, M125-83-2, M125-93-2, M125-95-2, M125-100-4, M125-102-2, M125-108-2, M125-112-3. Estes testemunhos fora coletados nas seguintes Bacias Sedimentares: Santos-Campos, Campos, Espírito Santo, Jequitinhonha, Camamu-Almada, Sergipe-Alagoas.
Programa:
SAMBA
Parâmetros:
GranulometriaBulkFísico-QuímicaIsótopos Estáveis
Sedimento

74. Assembleia de Foraminiferos Planctonicos no Testemunho M125-29-9

Descrição:
Dados de assembleia de foraminíferos planctônicos do testemunho M125-29-9 coletado no Rio Paraíba do Sul (Bacia de Campos).
Programa:
SAMBA
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Foraminíferos
Sedimento

75. Isótopos Estáveis de Carbono e Oxigênio em Foraminíferos Planctônicos (Globorotaria inflata) no Testemunho U1479

Descrição:
Isótopos estáveis de oxigênio e carbono são ferramentas bem estabelecidas para determinação de variações de temperatura, salinidade, disponibilidade de nutrientes e produtividade e trocas de CO2 com a atmosfera. Este registro apresentar as variações medidas dos isótopos em espécies de foraminíferos planctônicos da Bacia de Cape no testemunho U1479.
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Isótopos EstáveisForaminíferos
Sedimento

76. Composição Elementar por Fluorescência de Raio-X (XRF) no Testemunho GL-1251

Descrição:
A composição elementar dos sedimentos marinhos é governada pelo regime de sedimentação da coluna d'água e também por aporte de material continental através da descarga fluvial ou transporte eólico. A variação entre os diferentes elementos e suas razões pode estar conectada a fatores climáticos. Estes dados apresentam a determinação de vários elementos no testemunho GL-1251 (Bacia de Pará-Maranhão) em alta resolução a partir da técnica da Fluorescência de Raios-X (XRF).
Programa:
PALEOCEANO/ASPECTO
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
Metais - XRF Scaner
Sedimento

77. Enxofre Total na Costa Leste do Brasil

Descrição:
Dados de ST na Costa Leste do Brasil (Rio Paraíba do Sul, Rio Doce, Rio Jequitinhonha, Rio de Contas e Rio São Francisco) nos testemunhos: M125-25-2, M125-31-2, M125-35-2, M125-39-2, M125-49-2, M125-50-2, M125-55-8,M125-67-3, M125-73-2, M125-77-2, M125-78-2, M125-82-3, M125-93-2, M125-100-4 e M125-108-2. Estes testemunhos foram coletados nas seguintes Bacias Sedimentares: Campos, Espírito Santo, Jequitinhonha, Camamu-Almada, Sergipe-Alagoas.
Programa:
SAMBA
Parâmetros:
Bulk
Sedimento

78. Fósforo Total e Inorgânico na Costa Leste do Brasil

Descrição:
Dados de PT e PI na Costa Leste do Brasil (Rio Paraíba do Sul, Rio Doce, Rio Jequitinhonha, Rio de Contas e Rio São Francisco) nos testemunhos: M125-25-2, M125-31-2, M125-35-2, M125-39-2, M125-49-2, M125-50-2, M125-55-8,M125-67-3, M125-73-2, M125-77-2, M125-78-2, M125-82-3, M125-93-2, M125-100-4 e M125-108-2. Estes testemunhos foram coletados nas seguintes Bacias Sedimentares: Campos, Espírito Santo, Jequitinhonha, Camamu-Almada, Sergipe-Alagoas.
Programa:
SAMBA
Parâmetros:
Bulk
Sedimento

79. Biopolímeros na Costa Leste do Brasil

Descrição:
Dados de Proteínas, Carboidratos e Lipídios na Costa Leste do Brasil (Rio Paraíba do Sul, Rio Doce, Rio Jequitinhonha, Rio de Contas e Rio São Francisco) nos testemunhos: M125-25-2, M125-31-2, M125-35-2, M125-39-2, M125-49-2, M125-50-2, M125-55-8,M125-67-3, M125-73-2, M125-77-2, M125-78-2, M125-82-3, M125-93-2, e M125-108-2. Estes testemunhos foram coletados nas seguintes Bacias Sedimentares: Campos, Espírito Santo, Jequitinhonha, Camamu-Almada, Sergipe-Alagoas.
Programa:
SAMBA
Parâmetros:
Geoquímica Orgânica
Sedimento

80. Bulk Sedimentar, Granulometria, Isótopos Estáveis de Carbono e Nitrogênio no Testemunho M125-95-3

Descrição:
Dados de Carbono Orgânico Total, Nitrogênio Total, Enxofre Total, Enxofre Pirítico (Chromiun Redicible Sulfur), e Isótopos Estáveis de Carbono e Nitrogênio na Matéria Orgânica no testemunho M125-95-3 (Rio São Francisco) Este testemunho foi coletado na Bacia Sedimentar:Sergipe-Alagoas.
Programa:
SAMBA
Testemunho/Estação:
Parâmetros:
BulkIsótopos Estáveis
Sedimento

81. Composição Elementar por Fluorescência de Raio-X (XRF) no Rio Doce

Descrição:
Dados da composição elementar através da técnica de Fluorescência de Raios-X no Rio Doce nos testemunhos: M125-38-2, M125-39-2, M125-43-2, M125-44-2, M125-49-2, M125-50-2 e M125-55-8. Estes testemunhos foram coletados na Bacia Sedimentar de Espírito Santo.
Programa:
SAMBA
Parâmetros:
Metais
Sedimento

82. Biogeoquímica da Água Intersticial no Rio Doce e Rio Jequitinhonha

Descrição:
Dados do ∑NO3 +NO2, Amônio, Fosfato, Sílica e Sulfato no Rio Doce e Rio Jequitinhonha nos testemunhos: M125-39-2, M125-49-2, M125-50-2, M125-55-8 e M125-67-3. Estes testemunhos foram coletados na Bacia Sedimentar de Espírito Santo e Bacia de Jequitinhonha.
Programa:
SAMBA
Parâmetros:
Nutrientes
Sedimento

83. Dados Sedimentares Convertidos para Uso no Software PDV

Descrição:
Todos os dados sedimentares existentes no Banco de Dados Thetys, preparados e convertidos para ser utilizados no software PDV. Estes dados estão atualizados até 16/06/2020
Programa:
NA
Testemunho/Estação:
Sedimento

84. Caracterização Geoacústica e Ferro da Plataforma Continental de Cabo Frio em Sedimentos Recentes

Descrição:
Caracterização geoacústica da Plataforma Continental de Cabo Frio (Bacia de Santos - Bacia de Campos) em sedimentos recentes e a razão Fe3+/Fe2+
Programa:
Ressurgência
Parâmetros:
GeofísicaFísico-QuímicaMetais